domingo, 1 de agosto de 2010

Aulas.

Admito que eu to ansiosa pra chegar 5:30 da manhã e eu me arrumar pra ir pra escola. Quero ver o pessoal, mas não todos eles. As vezes eu só queria ter um esconderijo lá, pra poder me esconder e as pessoas não me acharem, mas não é possível. E as vezes é preciso encarar as coisas que se quer evitar, para superá-las.
Só que a guerra nem começou e eu já me sinto perdendo. Pouco a pouco, sabe? Não achei que eu reagiria desa vez, talvez porque eu não sabia o que na verdade se passava. Acho que as vezes eu sou tolerante de mais com as coisas que não devia e vice-versa. Acho que eu fico quieta quando eu tenho que gritar e grito quando tenho que ficar quieta.
Não deveria encarar a escola como uma guerra. Na guerra, muitas pessoas se machucam e não é isso o que vai acontecer. Vou apenas pra um lugar aprender coisas que eu gosto e que eu não gosto, com uns professores meio chatinhos /Sincera. O problema real não são as aulas e sim as pessoas. Mas deixa pra lá, ppodem acabar me processando por coisas que eu gostaria de escrever aqui. :/
Acho que na verdade, eu só me cansei disso tudo e não quero que tudo volte a ser como antes. Porque graças à todas as coisas que me aconteceram, eu sou a pessoa que eu sou hoje. Não posso querer apagar momentos ruins da vida sendo que eu cresci com ele. Mas posso dizer que eu não quero que eles se repitam. Aliás, não vão se repetir.
Beatriz Hirata

PS: Confusão Mode On (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário