quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Isso é da boca pra fora ou do coração pra dentro?

  Já perceberam que as vezes a gente acha que sente algo e acaba se acostumando tanto com isso que acaba "sentindo"? Eu sei que é confuso, mas acho que é a melhor maneira de se explicar. De certa forma, você se engana de tanto acreditar em algo. Não acontece com as coisas em geral, mas quando nós falamos em sentimentos, tudo pode acontecer. Nunca se sabe.
  Ninguém aqui vai te julgar, mas pense: Quantas vezes você não jurou que dele esqueceu e dois dias depois estava chorando pelo dito cujo de novo? Até eu já fiz isso. Mas acredite, isso normalmente acontece com as melhores pessoas ou com as que mais tem problemas pra detectar os próprios sentimentos. Você acaba se deicando levar por uma emoção momentânea, acreditando que ela é duradoura, que ela é forte. E mesmo que não seja, você não consegue ver isso direito.
  Mas isso realmente acontece normalmente. Mais do que o normal, se me permitem dizer. As pessoas às vezes confundem o conceito que elas tem sobre algo com os própiros sentimentos. É o que eu chamo de "bca pra fora não intencionado". Ou seja, a pessoa diz que sente apenas o que ela acha que sente. Querem um exemplo tosco? Uma pessoa que acha está com fome, mas está somente com vontade de comer algo(para mim isso tem diferença /Gorda).
  Então, tenha paciência comn as pessoas que falam "boca pra fora não intencionado". Tente explicar a diferenca e nunca diga "Que burra, fala o que não sente", porque as pessoas são naturalmente indecisas e você também é às vezes.
  Paciência com elas e com os sentimentos delas. A boca e o coração delas agradecem.
Beatriz Hirata

Nenhum comentário:

Postar um comentário