quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Uma única palavra: "Adeus"

Lábios sorridentes
Um pedido convencente
Um beijo dado
Um belo par de aliança trocado

Era um sonho realizado
Ou apenas mais um amado?
Era o paraíso
Ou só mais um sorriso?

Duvidas à parte
Olhos confiantes
Abraços não hesitantes
A felicidade à la carte

Erros frequentes
De pessoas carentes
Do carinho à dependência
Mas só depois bate a consciência

Verdades reveladas
Atitudes não aprovadas
Lágrimas caídas
Felicidade corrompida

A última olhada nos olhos
A última palavra, "Adeus"
Sem o último beijo
Sem um único abraço

Olhos fechados
Lábios entre-abertos
A boca anciando o último beijo
O corpo anciando o último abraço

E o coração em pedaços
A boca calada, muda
O corpo em forte colapso
E uma mente sem explicações

Então se entre olharam
Se aproximaram e sorriram
Viram que o pior aconteceu
Mas que a melhor decisão permaneceu

Beatriz Hirata

Nenhum comentário:

Postar um comentário