quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Yep. I miss you. ♥

  É loucura, mas essa é a foto mais atual que nós duas temos-a de um ano atrás. E você não sabe o quanto eu senti a sua falta durante esse ano todo. O quanto eu queria que você estudasse no São Judas, para que eu pudesse conversar com você todos os dias. O quanto eu queria que você fosse minha vizinha, pra eu ir na sua casa e ficar jogando papo fora o dia todo. Ou o quanto eu queria poder fazer um curso com você, só pra saber que eu iria te encontrar algum dia da semana.
  Mas mesmo com todos esses meus "pequenos" desejos, eu sobrevivi esse ano longe de você. Apenas não me pergunte como, porque essa resposta também me é desconhecida. Mas todos os dias, eu acordava sentindo a sua falta. Todos os dias eu tinha algo pra te contar. Mas esse ano foi bem corrido e a gente ainda teve um pequeno desentendimento no meio dele, por isso, quase nunca a gente se falava.
  Mas, mesmo com todos os acontecimentos, a gente continuou arrumando tempo pra se falar. Seja dois minutinhos falando uma notícia rápida pelo telefone ou uma mensagem, pra desabafar e lembrar você que eu nunca te esqueço. Porque isso sim é amizade. Acho que você é a minha prova de que, para ter uma amiga, não é necessário vê-la todo dia ou frequentemente. Você é a minha prova de que, para se manter uma amizade é preciso, antes de mais nada, a vontade de mantê-la!
  Teve uma coisa que eu senti muita falta durante esse ano... O seu abraço. Aquele abraço quente e apertado que eu sempre ganhava quando eu estava muito feliz... ou muito triste. O abraço que me acalma no meio de tudo, o abraço que me faz falar o que eu não queria te contar pra não te preocupar, o abraço de quem eu sei que cuida de mim e que só quer uma coisa: me ver feliz.
  Mas eu não te culpo por não ter ganhado esse abraço. E não me culpo também. Acho que a culpa é de nós duas, porque ambas nos afastamos ao invés de sentar e resolver os nossos pequenos probleminhas, se é que assim eu posso chamá-los.
  E na verdade, eu escrevi tudo isso, só pra te dizer que eu nunca te esqueci e que nunca vou esquecer. E que eu torço pra que você queira estar sempre comigo, porque eu sempre vou querer estar com você. E se um dia você decidir partir, saiba que você deixou uma marca muito grande na minha vida. E saiba, acima de tudo, que eu nunca quis outra coisa... eu sempre quis te ver feliz. Não importa o jeito, se você estiver feliz, eu ficarei feliz. Porque afinal, gêmeas são para isso e para dizer milhares de vezes isso: eu te amo! ♥
Beatriz Hirata


PS: Ahh era pra eu ter ido na casa dela hoje, mas eu passei mal ontem e tenho que ficar em casa. ;-;
Desculpa mesmo gê! Eu JURO que a gente se vê antes do natal u.ú
Te amo de montão. ♥

domingo, 21 de novembro de 2010

Caminhos.

  
Decisões são como grandes caminhos.
Caminhos que você não pode se arrepender.
Caminhos que você não sabe o que pode acontecer.
Caminhos que você pode sofrer agora ou depois.
Caminhos que podem te fazer sorrir.
Caminhos que podem te fazer chorar.
Caminhos que mudam todo um dia.
Caminhos que mudam toda uma vida.
Caminhos em que você não encontrará mais caminhos.
Caminhos que serão cheios de pegadinhas.
Caminhos lindos, iluminados.
Caminhos escuros, perigosos.
Caminhos que mudam a sua vida.
Caminhos que mudam a vida do outro.
Caminhos que você não pode escolher sozinha.
Caminhos em que você não se suporta mais ver dividida.
Caminhos difíceis, onde você não para de olhar pra trás.
Caminhos que te deixam tristes e que você não quer viver mais.
Mas são caminhos que te ensinam coisas preciosas.
Ou que te tiram coisas preciosas.
Caminhos que você arrisca algo pra entrar.
Caminhos que você arrisca algo pra sair.
Mas mesmo assim, são os caminhos.
Aqueles caminhos que formam a sua vida.
E aqueles caminhos que nunca vão sair de sua história.

Beatriz Hirata

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Niver!

Ok, Isso não é um texto.
É apenas um agradecimento as pessoas que fizeram o meu dia ser mais feliz do que poderia ser! Gente que contou pra TODO MUNDO que hoje era meu niver e gente que cantou parabens pra mim enquanto me abraçava!
OBG: Mommy, Pappy, Bu, Yumie, Belinha, Ferrari, Rike, Giu Fazio, Paula, Meninas do 1exatas/médio, Vitico, Ciba, Miki, Yoko, Py, Lê, Gê, Leandra, e por ai vai.
Amo TODOS vocês <3

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

U R...


I don't want this moment to ever end
Where everything's nothing without you
I'll wait here forever just to, to see you smile
'Cause it's true: I am nothing without you!

Todo dia você aprende alguma coisa.

Você aprende a ter mais paciência. Aprende a explodir menos; E se explodir, aprende a ser com menos intensidade. Aprende mais coisas de uma pessoa, sejam elas boas ou ruins. Aprende que às vezes não temos mais 5 minutinhos na cama. Aprende uma palavra nova. Aprende a fazer algo novo. Aprende a tomar mais cuidado. Aprende a atacar no perigo e na hora certa. Aprende a ser mais carinhosa. Aprende que se é preciso ler um texto várias vezes, para retirar o máximo de informações dele. Aprende a assistir as aulas de uma forma diferente. Aprende a lidar com os seus defeitos e fazer as suas qualidades brilharem. Aprende a dar OI para aquela pessoa que você nunca falou, apenas para puxar assunto. Aprende a ajudar alguém. Aprende que não se deve olhar o mundo da mesma forma que o mundo olha você, que não se deve julgar as pessoas, pelo fato de elas te julgarem. Aprende a olhar pro mundo e se ver mais do que vê. Aprende que sentimentos não podem ser descritos com palavras. Aprende que se deve viver o dia por ele mesmo e que se deve viver à longa distância. Aprende que sonhos se realizam se você acreditar e que ninguém tira eles de você. Aprende que as coisas que você quer que saiam do seu jeito devem ser feitas por você mesmo. Aprende que se deve acreditar nos amigos e não nos boatos que rolam sobre eles. Aprende que boatos não devem ser feitos, muito menos repassados. Aprende que não se deve se meter nos problemas dos outros ou eles sobram para você. Mas acima de tudo, você aprende que não pode se cansar de aprender.
Beatriz Hirata