quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Máscaras.

  Querendo ou não, acabo usando-as todo o tempo. Seja para dizer um simples bom dia, para dar um sorriso de conforto para alguém (principalmente quando eu acho que as coisas não darão certo) ou para fazer as coisas que me irritam um pouco. Por mais que eu não queira usá-las, parece que a todo momento as pessoas ficando atirando-as em minha face, me forçando a usar uma máscara que eu não quero, me forçando a sentir uma coisa que eu não sinto, tentando me moldar me prender.
  Mas tudo o que eu quero é ser livre. Quero poder olhar por fora dessa máscara, agir sem ela e saber, de forma unânime, que eu não estarei decepcionando as pessoas, caso eu pare de usá-las. Porque usá-las é cansativa. É como atuar o tempo todo, sem o clássico intervalo entre um personagem e outro. Como se eu fosse dividida em várias pessoas e conseguisse ver as pessoas de forma dividida. A pior parte disso tudo é que no final, eu não consigo confiar inteiramente nas pessoas. Porque, afinal, se eu uso máscaras, porque não elas também?
  Não estou dizendo, de forma alguma, que ajo de forma falsa com as pessoas. Só que às vezes não é de uma forma completamente verdadeira, pois, querendo eu ou não, eu ainda carrego o fardo de ser o que as pessoas esperam que eu seja, enquanto eu sei que é aquilo que eu não quero ser.
  Ter paciência com todo mundo? Ser simpática e sair sorrindo? Isso não é uma vida. É um teatro. Onde você é apenas uma marionete e não pode dizer as coisas que você pensa (se não você é grosso e idiota) e também não pode agir como quer (você ganha a máscara de revoltado/rebelde. Só faltava essa...).
  Eu não quero mais ser o bonequinho das pessoas que sempre faz o que elas querem, sempre tenta ajudar e que sempre, sempre mesmo, acaba perdoando as pessoas. Porque no final, elas me colocaram a máscara escrita IDIOTA e passaram a fazer isso diversas vezes! Não! Não! Não Não! Comigo não.
  Então chega. Chega de simpatia, de sorrisos, de beijinhos, de corações. Não quero mais ser uma boneca, uma garota sem rosto, somente com máscaras. Está na hora de aprender a viver sem elas, aprender a caminhar por mim mesma, aprender a voar sozinha. Porque nada é melhor do que se saber que você está fazendo o que você quer e não o que os outros desejam.
Bee H.

PS: Escrevi um texto bem parecido com esse no blog, também falando sobre máscaras. É sobre um outro momento, vale a pena ler! Quando uma máscara cai, outra se ergue.

sábado, 15 de outubro de 2011

Demora.

  Desculpem-me pela demora para postar. Tempos corridos, semana de Enem, menos de um mês pros vestibas! :S

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Minhas Cachorrinhas

  Elas são umas gracinhas e eu sou praticamente louca por elas! À vezes elas me tiram do sério (tipo quando elas ficam batento no potinho de água e molhando a cozinha toda), mas elas sempre me trazem calma e felicidade. (:
  A mais marromzinha é a Yumie (que é uma salsichinha dorminhoca) e a gordinha é a Belinha (ela é uma Yorkshire *-*).
  A Belinha tem uma certa implicancia com lacinhos, a gente põe e só algumas horas depois, ela já tirou. A Yumie é bem peladinha (ui ui), então não dá pra por lacinho nela, mas como ela é bem friorenta, ela usa roupinha 90% do tempo (naqueles frios de julho, ela usou 3 roupinhas :O). No final, só a Belinha acaba ficando meio 'macho', haha.

Beijo beijo pra quem fica!
Bee Hirata



terça-feira, 4 de outubro de 2011

Bate bola


QUAL FOI A TUA:
1.Última bebida: Água.
2.Última música que ouviu: Dias Melhores - Jota Quest.
3.Última vez que chorou: Ontem.


ALGUMA VEZ: 
1.Beijou alguém comprometido? Não.
2.Foi traído/Traiu alguém? Não.
3.Quebrou algum osso? Não.
4.Perdeu alguém especial? Já.
5.Fez algo de que se arrependeu? Sim. Principalmente nesses 3 últimos anos.
6.Ficou bêbado? Não.

LISTE TRÊS CORES FAVORITAS:
1. Rosa
2. Roxo
3. Azul

ESTE ANO VOCÊ:
1.Fez um novo amigo? Sim
2. “Virou” a noite? Sim.
3.Perdeu contato com alguém? Sim. :(
4.Conheceu alguém que te mudou? Sim!
5.Descobriu quem eram os seus verdadeiros amigos? Alguns.
6.Descobriu que alguém falava de você? Sim. Sempre tem alguém...
7.Se decepcionou com alguém? Existe mesmo essa pergunta?!? Claro que sim! Com alguém que era especial ainda.
8.Quantas pessoas do seu MSN você conhece na vida real? Muitos!
9.Quantos filhos você quer ter? Três! *-*
10.Tem algum animal de estimação? Sim, duas cachorras e os meus amigos. HHAHA
11.O que é que fez no seu último aniversário? Fiz uma festa em casa e dei o primeiro pedaço do bolo pra minha prima. :D
12.Que horas acordou hoje? 5h30.
13.O que estava fazendo à meia-noite da noite passada? Vendo Dexter e copiando matéria.
14.Diz algo pelo qual NÃO consegue esperar mais: Ir para França! #NeedToGo
15.A última vez que viu o seu pai: Hoje.
16.Qual é a coisa que deseja mudar na sua vida? A coisa mais importante é ter mais liberdade. O resto eu tiro de letra.
17.O que deseja manter como está pra sempre na sua vida? Minhas cachorrinhas.
18.Qual foi a melhor ideia que já teve enquanto tomava banho? Escrever um livro.
19.Quem é que está te irritando neste exato momento? Meu melhor amigo, minha melhor amiga e a minha falta de liberdade.
20.Web page mais visitada esses dias: www.facebook.com
21.Qual é o teu verdadeiro nome? Beatriz de Souza Hirata.
22.Estado civil: Forever Alone conta? HAHHA. Solteira.
23.Signo do Zodíaco: Escorpião, RAWR
24.Masculino ou Feminino?: Os dois! Feminino.
25.Universidade/Colégio: O colégio que eu estudo. (Sério, não vou falar na internet!)
26.Escreva algo aqui: Estava noite.Eu ainda estava acordada, quando ouço um barulho suspeito. Quando resolvo me levantar para investigar...
... É a minha cachorra andando pela casa.
27.Cabelo longo ou curto? Pra mim, longo. Pros meninos curto. Pras meninas, depende.
28.Sente raiva de alguém? Existe mesmo essa pergunta?!? Claro que sim. u.ú
29.Piercings? Não. ;-;
30.Tattoos? Ainda Não.

PRIMEIROS:
1.Primeira cirurgia: Nunca fiz cirurgia.
2.Primeiro piercing: Não tenho '-'
3.Primeiro(a) melhor amigo(a): Leandra. (:
4.Primeiro esporte que participou: Queimada conta?
5.Primeira mentira: Mãe, não teve lição de casa hoje.
6.Primeiro par de tênis: Nike. ._.

NESTE MOMENTO: 
1.Comendo? Chocolate.
2.Bebendo? Água.
3.Estou prestes à: Fugir de casa e ir morar na Torre Eiffel.
4.Ouvindo: Touch Me - Joan Jett.
5.O teu futuro: Engenharia de Alimentos, mamãe e viajante.
6.Morar: No interior (tipo roça hahah) ou no exterior (EUA e Europa).
7.Casar: Já desisti. Meu peguete explodiu numa estrela, meu namorado foi morar num exoplaneta e o meu noivo não é dessa Galáxia. '-' Sem chance.

O QUE É MELHOR:
1.Lábios ou olhos? Olhos. Lábios mentem, olhos não.
2.Abraços ou beijos? Abraços.
3.Maior ou menor? De altura, maior.
4.Mais velho(a) ou mais novo(a)? O que importa é a idade que o cara tem na cabeça. Existem pessoas novas maduras e pessoas mais velhas imaturas.  
5.Romântico(a) ou espontâneo(a): Os dois!
6.Boa barriga ou bons braços? Boas costas. HUAHUAHU Bons braços.
7.Sensível ou espalhafatoso(a): Sensível. Assim fariamos um par similar. HAUHAHUA
8.Nada sério ou relações: Depende da pessoa.


ALGUMA VEZ:
1.Quebrou uma promessa? Sim. :X
2.Guardou um segredo? Lógico!
3.Desejou algo de ruim a alguém? Ninguém é de ferro. Claro que sim!
4.Deu um soco em alguém? Sim! E ainda foi no meu melhor amigo, hahah.
5.Partiu o coração de alguém? Já. :/
6.Foi preso? Só na brincadeira de polícia e ladrão. ;~
7.Deixou alguém pra baixo? Já.
8.Apaixonou-se por um amigo(a)? Já. '-'

ACREDITA EM:
1.Amor à primeira vista? Dependendo do humor, sim.
2.Relações sinceras? Desculpa ae mundo, mas não.
3.Papai Noel? Ah é, super. NÃO! :@
4.Kharma? Sim.
5.Anjos? Lógico!

RESPONDA SINCERAMENTE:
1.Tem alguma pessoa com quem queria estar agora? Sim
2.Teve mais que um namorado(a) ao mesmo tempo?  Não!
3.Cantou hoje? Sim!
4.Alguma vez traiu alguém? Não e essa pergunta estava lá em cima!
5.Se pudesse voltar no tempo, quanto tempo voltaria? Três anos!
6.O momento que escolheria reviver? Minha festa de 15 anos, minhas viagens (todas) e o dia em que eu ganhei as minhas cachorrinhas.
7.Tem medo de se apaixonar? Lógico. Com a minha expericência, qualquer um teria!

Dias Melhores

Dê play antes de ler!

  Esses dias não tem sido bons mas não tem sido tão ruins assim. Vamos dizer que esses dias estão sendo de descobertas, descobertas sobre mim mesma. É como se alguém tivesse aberto os meus olhos (não que não seja verdade) e colocado uns óculos em mim para que eu possa ver mais claramente. Os meus sentimentos se acalmaram, minha cabeça se esvaziou e, pela primeira vez em muito tempo, eu ouço silêncio dentro de mim. Ouço calma, concentração, sinto a dedicação para as coisas que eu quero; compreendo que a verdade que machuca e desprezo a mentira que alegra.
  Me sinto nova, curada, melhorada, com toda a raiva afastada de mim. Me sinto limpa, leve. É bem diferente porque eu nunca me senti assim. Fazia tempo qu eu não sentia o meu coração batendo calmo, a minha respiração branda e o meu cérebro me dando respostas rápidas, práticas e, o mais importante, sensatas.
  Eu não estou me sentindo mais inteligente ou algo do tipo. Muito pelo contrário. É que agora eu consigo parar mais para pensar nas coisas, enquanto antes, de tão agitada que era, não conseguia. Me sinto calma agora. Como se pudesse encarar quase tudo o que vem pela frente.
  Também estou vivendo um pouco na base do "a minha vida eu estou fazendo, se o outro não está fazendo a dele, paciência" e é o que tem sinceramente me ajudado. Resumindo... Eu não estou mais preocupada com o futuro ou o presente de algumas pessoas. Cada um faz o que quer da vida, não é verdade? Se eu for me preocupar com a vida da pessoa, o máximo que pode acontecer é ela fazer as coisas e não me contar. Não que eu seja dona da vida de alguém, mas quando eu me preocupo com a pessoa, eu aviso e dou conselhos pra ela, mas cabe a ela e somente ela aceitá-los ou não.
  É a primeira vez também que eu estou completamente na minha, sem querer distribuir socos e chutes por ai. Claro que eu ainda tenho o meu grupo de protegidos, mas ele se resume a pouquissimas pessoas agora! Isso sim é um milagre.
  Estou calma hoje, mais feliz, mais animada e, o mais importante, mais disposta para a vida!
Bee H.

Antes de ir embora e tacar o foda-se aqui, queria agradecer a leitora do blog que comentou no último texto (no qual eu estava SUPER revoltada, pensando em deletar o blog :X) e dizer que ela me deu a força pra continuar com tudo isso, pra escrever por escrever e dizer que há muito tempo eu já não tinha aquela força que eu tinha antes, a facilidade de colocar as coisas pra fora através da ponta do lápis, através do teclado. Queria muito te agradecer e dizer que você me inspirou a continuar a escrever. Obrigada.

Gente, se o texto tiver bom/ruim, dê um alô ai. (:

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Ninguém lê PORRA nenhuma do que eu escrevo aqui.

E ninguém realmente se importa com o que tem aqui no geral. Tanto aqui, quanto no tumblr/blog é tudo a mesma coisa. Porque na verdade ninguém se importa com o que as pessoas sentem ou com o que elas querem. Então, eu to desativando isso daqui e indo embora, escrever pra mim mesma, já que escrever pros outros não deu certo. ...
Beijos :*