sexta-feira, 1 de junho de 2012

No title, no definition

Não pergunte da foto. O Rike B. que me passou.

Hoje eu queria ter alguma coisa legal pra falar pra vocês, mas eu não tenho. Não me sinto bem, nem motivada, nem animada e muito menos inspirada (não tenho conseguido escrever as redações do cursinho também).
  A verdade é que nada está bem. E eu tenho que ir levando isso, porque eu acho que exatamente nesse ano, essas coisas não podem me atrapalhar. Aliás, qualquer coisa que possa atrapalhar a minha missão desse ano, está sendo descartada só por prevenção. Se você é um amigo meu e está lendo isso, não fique chateado. Eu preciso me focar nisso esse ano. Ano que vem a gente se fala, ok?
  O texto vai correr sem pe nem cabeça hoje, porque não tenho muito o que dizer. Minhas maiores novidades são "o professor do cursinho sentou no colo d'um aluno por brincadeira" ou "começamos a apostila nova" ou então "tenho simulado no dia X". E esse tipo de coisa não é típico meu. Estranho :S
  Já perceberam que eu sempre digo que eu vou tomar conta do blog, que vou postar e no final não faço? É uma droga isso. Porque eu nem posso deletar pra acabar com a angústia de vocês por novos textos (esperança é a última que morre) mas também não posso deixar de estudar pra vir postar aqui pra vocês algo. Então desculpem. Eu gosto do blog, gosto mesmo. Queria ter um pouco mais de tempo pra poder administrá-lo, mas não tenho. Juro que algum dia cuido desse blog direito!
   Coisas aconteceram últimamente e eu fiquei chateada. Coisas aconteceram e eu achei que elas iam me mudar e mudar a minha vida e no final continuaram iguais. Mas uma coisa não vai deixar de ser verdade: eu passei a olhar a vida com outros olhos. Isso sempre acontece quando sinto que amadureci. Acho engraçado. Porque antes, algumas coisas, pessoas ou atitudes que me irritavam, hoje eu consigo simplesmente ignorar, não ligar. Não consigo mais ligar pras pessoas que se foram, mesmo que eu tenha pedido pra elas ficarem, não consigo ligar pras pessoas que me tratam mal quando eu estou preocupada ou... eu não ligo pra quando a pessoa tenta me irritar. Progresso, uh?
  Ando descobrindo várias coisas neste meu tempo de cursinho. Descobri que tinham algumas matérias que eu gostava na escola, como química, que eu não gostava tanto assim porque o professor era chato e nunca respondia as minhas perguntas. Ou então história... O professor ensinava o que ele queria. Eu sai do ensino médio sem ao menos aprender a Guerra dos 100 anos. --'
  Eu fiz mais amigos no cursinho! O que é ótimo, eles são muito animados e diferentes. Me sinto bem com eles, haha.

Eu vou dormir, porque as cachorrinhas ja estão roubando o meu lugar na cama --'

Bee H.

Nenhum comentário:

Postar um comentário